Publicado em Como escolher

Guia - Como Escolher um Leash de Surf

05 de fevereiro de 2020

Guia - Como Escolher um Leash de Surf

Popularmente chamado de cordinha, estrepe ou leash, é um acessório extremamente importante para prática do surf. É o item de segurança que o deixa preso na prancha, e garante que você não perca sua prancha dentro da água.

Por isso é essencial que você saiba muito bem escolher seu leash, utilizando as indicações de tamanhos, espessuras, e modelos, para que você não passe por um sufoco dentro d’água por causa de um leash mal utilizado.

Aqui na Onlysurf gostamos de salientar sempre para os iniciantes, que normalmente buscam por produtos mais em conta; “ Economize no que você quiser, mas nunca no leash, ele é o único equipamento de segurança que você utiliza “

 

1. Comprimento do Leash - Cordinha

De maneira geral, para o dia a dia, você deve escolher um leash mais ou menos do mesmo comprimento que sua prancha de surf. Ex: uma prancha de 5'xx pés, procure usar um leash 5 a 6 pés de comprimento, uma prancha de 6’xx pés, use um strep 6 a 7 pés de comprimento, e assim por diante, 7’, 8’, 9’ ... Desta forma, quando você cair, o comprimento vai evitar que a prancha volte em você, e reduz o risco de acidentes nessa volta da prancha.

Entretanto, em ondas pequenas, merrecadas, não tem problema de você usar um leash um pouco mais curto que a sua prancha, assim se tem um leash mais rápido, com menos incômodo de arrasto e atrito na água.

Por outro lado, nas ondas grandes, é importante ter um estrepe um pouco maior que sua prancha, as quedas são mais violentas e não é nada mal ter certa margem de segurança. Além disso, por ser mais comprido, o strap se estica mais e normalmente é mais já é mais grosso.

 

2. Espessura do Leash – Cordinha

A espessura, grossura, ou diâmetro do fio da cordinha, pode variar de 4 mm até 9 mm nos casos mais extremos. A resistência do leash está diretamente relacionada a sua espessura, quanto mais grosso, mais seguro, quanto mais fino, mais frágil, e menos arrasto e resistência na água.

Abaixo temos uma tabela indicativa da espessura do leash, dependendo do tamanho das ondas:


 

Outro fator que deve ser levado em consideração referente a espessura, é o volume da prancha. Se você tiver uma prancha bem volumosa, acima dos 40 litros, necessariamente você precisa de uma

cordinha mais grossa, porque o repuxo que uma prancha com volume grande dá, é muito maior que uma prancha com pouco volume, e é exatamente por isso, que não é produzido leashes com menos de 6 mm de espessura para longboards e funboard.

 

3. Os Rotores
Os rotores, ou distorcedores, impedem que o leash enrole ao redor da sua perna, ou ao redor da rabeta da sua prancha, ou das suas quilhas, o que é bem importante. Existem 2 modelos de rotores;

Os simples, o próprio nome já diz, são bem simples, aramados, chamados também de leash de nó, pois algumas marcas utilizam esta técnica para produzir estes modelos. São os modelos mais baratos de leashes. E os rotores duplos embutidos, que são muito mais resistentes, e funcionam muito melhor que os simples. Normalmente são fundidos juntamente com a cordinha de uretano, dando muito mais resistência e performance para o estrepe.

 

4. Nomenclaturas Comp x Regular

Este é uma dúvida recorrente que nossos clientes nos abordam, que precisamos deixar bem claro. Essa nomenclatura não tem absolutamente nada a ver com o posicionamento do surfista na prancha (regular / goofy). É apenas uma forma que algumas marcas diferenciam os leashes Comp (para competição), que normalmente são mais finos, para dar a máxima performance para o surfista, dos leashes regulares, que são um pouco mais grossos, e mais comuns. A maioria das marcas usam a nomenclatura Comp para cordinhas de até 5 mm, e regular para cordinhas de 6 mm, mas isso não é uma regra, você pode encontrar essas nomenclaturas em outras espessuras de leashes.

 

5. Funboads – Longboards – Stand Up Paddle

Para esse tipo de prancha, os leashes indicados sempre são mais grossos e longos, justamente pelo fator que mencionamos antes, o volume, a flutuação e o repuxo que a prancha exerce quando você cai da onda. Quanto mais flutuação a prancha tiver, maior a espessura do leash você precisa.
Para Longboards e SUP, temos duas opções de presilha, o tradicional preso no tornozelo, e uma novidade que vem ganhando muitos adeptos, que são os estrepes presos na panturrilha (logo abaixo do joelho), eles evitam que o leash enrosque no seu pé quando você caminha sobre a prancha, para frente ou para trás durante o surf.

 

Agora que você já tem uma noção muito melhor, pode fazer sua escolha mais assertiva, comprar no nosso site, e receber com toda segurança no conforto da sua casa.

 

CLIQUE AQUI


Use os filtros para poder chegar com facilmente ao tipo de leash que você está procurando. E caso você ainda tenha alguma dúvida, por favor, entre em contato conosco através do Chat, do Whats 47 992230294 ou pelo e-mail [email protected] , será um prazer auxiliá-lo.

 

Boas Ondas, Aloha!

 

 

Por Diego Favaro

Você Também Deve Gostar
CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER E RECEBA NOVIDADES EXCLUSIVAS!